quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Encontre mais tempo para você


Se você é do tipo de pessoa que está sempre fazendo coisas para os outros, precisa encontrar tempo para si mesmo, dizem especialistas.

A Academia Americana de Médicos de Família oferece os seguintes conselhos para retomar o controle sobre o seu tempo:

- Tente manter um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal

- Encontre tempo para cultivar os relacionamentos importantes

- Não tenha medo de procurar ajuda de outras pessoas quando precisar

- Faça exercícios e pratique técnicas de relaxamento, isso vai ajudar a diminuir o estresse

- Mantenha a mente aberta e se disponha a experimentar novos hobbies e atividades.


Fonte: Saude.ig

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Sinta-se mais tranquila durante a gravidez


A fadiga é uma queixa comum entre as mulheres grávidas, mas certas atitudes podem minimizar o sono e aumentar a energia.

- Deite virada para o lado esquerdo e coloque travesseiros entre os joelhos

- Durma e acorde sempre no mesmo horário

- Quando estiver muito cansada, procure dormir ou deitar mais cedo

- Procure dormir um pouco durante o dia

- Beba líquidos durante o dia e evite-os à noite.


Fonte: Saude.ig

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Nove benefícios dos óleos essenciais


Como parte da aromaterapia, as gotas que combinam ervas, flores e frutas têm vantagens poderosas que vão desde reduzir a TPM até combater celulite!

Parte da aromaterapia, um ramo da fitoterapia, está nos óleos essenciais, que combinam flores, frutas, ervas e especiarias dos óleos essenciais que agem sobre a saúde, o bem-estar e até nos cuidados de beleza. Confira as vantagens de contar com essas gotinhas poderosas:

1. Para diminuir a celulite

Misture 8 gotas de óleo de tangerina para 2 col. (sopa) de creme hidratante (sem óleo mineral) e massageie pernas e braços no sentido do coração.

2. Para ter mais disposição

O alecrim traz energia e combate o inchaço. Utilize o óleo em massagens após o banho: 8 gotas para 2 col. (sopa) de hidratante.

3. Para reduzir a TPM

Pingue 50 gotas de óleo de gerânio para cada 200 g de creme hidratante. E passe por todo o corpo após o banho.

4. Para trazer alegria

Óleo de tangerina dá ânimo imediato. Pingue 3 gotas no chão do boxe durante o banho.

5. Para combater a queda dos fios

Para cada 100 ml de xampu, use 10 gotas de óleo de alecrim e 10 de óleo de cedro. Use todos os dias.

6. Para ter um sono gostoso

Pingue 2 gotas de óleo de lavanda em uma bolinha de algodão e coloque-a entre a fronha e o travesseiro.

7. Para combater o colesterol

Óleo de laranja traz alegria e colabora na redução do colesterol, pois combate a gordura. Inclua 8 gotas em 2 col. (sopa) de creme hidratante e passe pelo corpo. Mas isso não exclui as recomendações médicas, ok?

8. Para reduzir problemas urinários

Contra infecção urinária, pingue 5 gotas de óleo de melaleuca em uma bacia com 1 litro de água morna e faça banho de assento. Para combater candidíase e cistite, o banho de assento deve ter de 7 a 10 gotas do óleo.

9. Para acabar com a acne ou fungos nas unhas

Para acne, pingue 1 gota de melaleuca, ou tea tree, em um cotonete e passe no local – ela vai secar rapidinho! Contra fungos, pingue 1 gota pela manhã e outra à noite nas unhas com problemas até perceber melhora.

Fonte: M de Mulher

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Hortas urbanas: A nova moda verde


Cultivar hortas em casa é uma forma de ajudar na sustentabilidade do planeta

Ouve-se falar em preservação da natureza e sustentabilidade, mas o que você pode fazer para conviver em harmonia com o meio ambiente, preservando os recursos naturais disponíveis? Uma das ideias é cultivar uma horta urbana, hábito muito utilizado no passado, quando todos tinham espaço em suas casas e plantavam produtos orgânicos.

Segundo o engenheiro agrônomo Roberto Gouveia, a horta pode ser feita em qualquer lugar. Desde um vaso ou uma floreira, basta decidir o que será cultivado e procurar um espaço adequado para o desenvolvimento. Gouveia afirma também que a prática garante vantagens econômicas, além de contribuir para um planeta mais limpo e saudável. Disposto a fazer parte dessa iniciativa?


Fonte: Revista Viva Saúde

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Benefícios de ouvir música durante os treinos


Os estilos musicais influenciam a prática esportiva, oferecem ritmo e ainda mais disposição para o seu treino.

Os especialistas indicam que ouvir música durante a prática esportiva ajuda a diminuir a percepção de dor e a fadiga.
Durante a seleção, pense naquelas que devem acompanhar o ritmo, a intensidade e os objetivos dos exercícios.

Batidas mais rápidas ajudam a atingir a frequência cardíaca ideal. As de batidas mais lentas são perfeitas para os instantes de recuperação de fôlego e desaceleração.

Mesmo na musculação, em que as atividades dificilmente acompanham os ritmos velozes, uma canção acelerada (rock, axé) servirá como um “continue, vamos lá. Você pode mais”!

Ah! E se você optar por escutar música com fone de ouvido, o volume nunca deverá ser maior que o do ambiente e nem ir além de 60 minutos por dia.

Fonte: Revista Viva Saúde

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Comer peixe uma vez por semana melhora a saúde do cérebro


Pesquisas anteriores apontavam que o ômega-3 presente em grandes quantidades de peixes, sementes e óleos está associado à melhora da saúde cerebral. No entanto, um novo estudo descobriu que não é necessário consumir grandes quantidades para se beneficiar: segundo os cientistas, incluir apenas um filé de peixe uma vez por semana no cardápio já melhora as funções cognitivas do cérebro. As informações são do Daily Mail.

"Nosso estudo mostra que as pessoas que incluem peixe, grelhado ou assado e não frito, na dieta têm mais volume em áreas do cérebro associadas a memória e cognição", explica James Becker, professor de psiquiatria na University of Pittsburgh School of Medicine. "Peixe assado ou grelhado contém mais níveis de ômega-3 do que o frito porque os ácidos graxos são destruídos no processo de fritura, então levamos isso em consideração durante a pesquisa", explicou Cyrus Raji, um dos autores do estudo.

Para chegar aos resultados, os cientistas analisaram dados de 260 pessoas que forneceram informações sobre a alimentação e tiveram os cérebros escaneados. Todos foram considerados "cognitivamente normais" em dois momentos durante os 10 anos de duração da pesquisa, iniciada em 1989. "Os participantes responderam questionários sobre os hábitos de alimentação, como a quantidade de peixe que comiam e como era preparado", explicou um dos autores do estudo, Cyrus Raji. .

De acordo com Becker, os resultados sugerem que o estilo de vida, no caso, o hábito de comer peixe, contribui mais para mudanças estruturais no cérebro do que fatores biológicos. "Uma confluência de fatores do estilo de vida é responsável por uma saúde cerebral melhor e pode evitar ou adiar problemas cognitivos no futuro", explicou.

Fonte: O pantaneiro

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Saiba como usar corretamente o protetor solar


Moramos num país tropical, e como bons brasileiros, adoramos uma praia em qualquer época do ano – em especial durante o verão.

Além disso, o fato de que a maior parte do território nacional fica entre o Trópico de Capricórnio e a Linha do Equador, faz com que recebamos raios solares com maior intensidade – já que somos a região mais próxima do sol.

Isso significa que precisamos sempre proteger a pele com o bom e velho filtro solar.

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Dermatologia revelou que 62% dos brasileiros não cuidam da pele e não usam nenhum tipo de protetor.

O Universo Jatobá se preocupa com você e quer conscientizar os leitores de que é preciso se cuidar para não pegar um câncer de pele. Confira como utilizar corretamente o protetor solar.

1 – SÃO DIVERSAS AS OPÇÕES DE FILTRO SOLAR

Para escolher se o melhor para você é o gel, creme, spray, maquiagem ou mousse, é preciso fazer algumas considerações. Quem tem a pele muito oleosa deve fugir das fórmulas gordurosas e optar pelo gel, por exemplo. Já quem tem a pele seca, é melhor procurar um creme mais encorpado. Vale lembrar que, quanto mais grossa a textura, maior a proteção.


2 – FILTRO QUÍMICO OU FÍSICO?

O mais popular deles é o filtro químico, que é muito mais fácil de espalhar e fica invisível, porém ele não é a única opção. O filtro físico é feito a base de dióxido de titânio ou óxido de zinco e cria uma barreira sobre a pele. Seu maior problema é que ele tende a deixar a pele mais branca, o que não agrada muitas pessoas. Porém, ambos são ótimos para a pele.

3 – ESCOLHA O FPS CORRETO

O FPS está diretamente relacionado a quantas vezes sua pele está protegida contra os efeitos dos raios solares. Aqui no Brasil, o recomendado para o dia-a-dia é o fator 30, mas mesmo assim é bom levar em conta o tom da sua pele. Pessoas com a pele muito clara devem recorrer ao FPS 60, já quem tem a pele mais morena pode, inclusive, usar o FPS 15.

4 – USE SEMPRE A QUANTIDADE CORRETA

Não é preciso exagerar na quantidade de protetor solar para ficar protegido. O ideal é cerca de uma colher de chá para o rosto e pescoço. Para as outras partes do corpo, uma colher de sopa para cada uma delas.

5 – ESPALHE O PRODUTO

Lembre-se de espalhar bem e uniformemente o produto. No caso do spray, o ideal é não espalhar o protetor.


Fonte: Cemara