quinta-feira, 16 de abril de 2015

Vamos turistar?


Trilhas  ecológicas, observação de animais silvestres, verde exuberante e muitas atividades de aventura são alguns dos atrativos que você encontra na região de Guaramiranga e do Maciço de Baturité, no Estado do Ceará.

 As trilhas estão distribuídas no Maciço de Baturité por inteiro, em meio a uma enorme diversidade ecológica com flora e fauna nativas, sendo ideal para a observação de animais, para os amantes da vida silvestre e seus pesquisadores.  Onde podemos observar serpentes, animais pequenos e um número grande de pássaros locais e migratórios, sem esquecer das muitas cachoeiras onde se pode tomar aquele merecido banho no final da trilha.

Para os adeptos das atividades de aventura, tem trilhas para prática  de trekking, mountain bike, acampamentos na mata atlântica e lual, com roda de violão e histórias assombrosas da região. Interagindo com o meio, conhecendo a história e a cultura do lugar. Assim, o turista não leva apenas fotos, mas sim uma experiência de vida.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Caminhada, um exercício aeróbico perfeito


Caminhar é fácil, não tem custo ou contra-indicação, ajuda a emagrecer, tonifica os músculos, além de reduzir os riscos de doenças, inclusive depressão. Acompanhe os melhores trechos da matéria na Revista Corpo a Corpo.

Existe, sim, uma atividade física perfeita, fácil e leve de desempenhar, capaz de proporcionar saúde, beleza, boa forma e muito mais: a caminhada. “É indiscutivelmente um dos exercícios mais eficientes, que pode ser praticado por qualquer pessoa, independentemente da idade ou do condicionamento físico”, garante o fisiologista e personal trainer Fábio Bernardo (SP).

Se realizado com freqüência – no mínimo três vezes por semana, durante 30 minutos -, torna- se eficaz para abandonar o sedentarismo, expulsar doenças e melhorar a qualidade de vida. Nas ruas da cidade, na esteira da academia ou até mesmo na areia da praia, você pode usufruir todos os benefícios dessa modalidade.

Já um recente estudo (14/03/2012) apresentado nos Estados Unidos revelou que 1 hora de caminhada por dia reduz o fator genético da obesidade:

O sedentarismo amplia a predisposição genética para a obesidade, mas é possível reduzir seus efeitos à metade caminhando a um ritmo constante durante uma hora por dia.

“Nossa pesquisa mostra que caminhar em um bom ritmo diariamente reduz a influência genética na obesidade, o que se traduz pela queda à metade do índice de massa corporal (IMC)”, assinalaram os pesquisadores.

Já um estilo de vida sedentário, marcado pelo ato de ver televisão quatro horas por dia, aumenta a influência dos genes sobre o tamanho da cintura e faz subir 50% o Índice de Massa Corporal (peso dividido pela altura ao quadrado)”, acrescentaram os especialistas, em um comunicado.

Leia na íntegra em Caminhar uma hora por dia reduz fator genético da obesidade – 15/03/2012 – Ciência e Saúde – AFP

Muitos benefícios na caminhada

Assim como a corrida e a natação, caminhar é uma atividade aeróbica que ainda tem a vantagem de ser a mais segura de todas do ponto de vista cardiovascular e ortopédico.

Sem falar que favorece muito a saúde do corpo todo: combate o colesterol ruim, estimula a circulação sanguínea, aumenta a capacidade cardiorrespiratória e a densidade óssea, favorece o controle de doenças como diabetes e hipertensão e ameniza desequilíbrios posturais e articulares.

Quer mais? Até problemas como insônia e depressão melhoram com o andar constante, que ainda relaxa e proporciona bem-estar emocional, levando o mau humor e o estresse para bem longe.

Importante: caminhar também afina a silhueta. Meia hora em ritmo moderado pode enxugar até 200 calorias. Utilizando velocidade e terrenos com subidas e descidas ou elevação na esteira, é possível tonificar os músculos. “O exercício freqüente melhora o tônus das pernas, do bumbum e do abdômen”, afirma Carlos Cintra, preparador físico e fisiologista do exercício (SP).

No ritmo certo

Para ganhar condicionamento físico é preciso acelerar o ritmo cardíaco e direcionar o treino para um objetivo específico. Se quer apenas relaxar, caminhe devagar, cerca de 1 km em meia hora.

Já se pretende ganhar fôlego, escolha uma passada mais acelerada e terrenos com inclinação. Assim, o metabolismo aumenta e dá para andar 2 km em 30 minutos.

Caso queira emagrecer e conquistar condicionamento físico, treine em subidas e descidas. Você caminhará cerca de 3 km em meia hora. Para queimar gordura durante o exercício, o batimento cardíaco tem de ficar entre 70% e 80% da sua freqüência cardíaca máxima (FCM).

Calculando a Frequência Cardíaca Máxima

Faça a seguinte conta para atingir essa marca: subtraia sua idade de 220 batimentos por minuto (BPM), que é o máximo estimado para qualquer pessoa. Multiplique o resultado por 70%.

Veja o exemplo de uma pessoa de 30 anos:

220-30 = 190. 190 x 70% = 133 BPM.

Isso quer dizer que o coração deve bater 133 vezes em 1 minuto de atividade. Para controlar, utilize um freqüencímetro ou conte os batimentos apertando o pulso. O treino não pode ser intenso a ponto de impedir que você vá até o final, nem tão leve que não estimule sua função cardiorrespiratória.

Leia a matéria completa em Corpo a Corpo | – Caminhada: exercício poderoso

Lembre-se também de alongar todo o corpo antes e depois da caminhada, utilizar roupas que facilitem a transpiração e um tênis adequado e caminhar nos horários em que o sol estiver mais brando – antes das 10h da manhã e depois das 17h. Além de procurar lugares seguros, bem ventilados e terrenos regulares.

Pronto, agora é manter o tronco ereto, olhar na horizontal, queixo paralelo ao solo, abdômen contraído e pernas para que te quero!

Fonte: Vida Plena

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Coma chocolate na Páscoa sem culpa


Páscoa é sinônimo de tentação para muitos. O excesso de chocolate nesta época do ano é a grande preocupação para quem está de dieta ou pretende manter peso. Segundo o médico e nutrólogo Dr. Mohamad Barakat, o doce é totalmente permitido se algumas orientações forem seguidas. “O cacau é rico em fitoquímicos fenólicos (polifenois), especialmente de flavonoides, potentes antioxidantes que protegem o organismo contra os radicais livres (moléculas reativas, produzidas pela oxidação biológica, que danificam os tecidos humanos). Ainda possui cafeína, tiramina e teobromina, estimulantes que melhoram o funcionamento do cérebro, aprimorando o raciocínio”.

Para quem não quer abrir mão do chocolate, o especialista recomenda o consumo da versão com 70% de cacau por apresentar o dobro da capacidade antioxidante do chocolate tradicional, não conter leite e possuir uma menor quantidade de açúcar. “Além do mais, reduz a oxidação do LDL, colesterol ruim, evitando que se deposite na parede dos vasos sanguíneos”.

O “pior” chocolate é o branco, por nem usar a massa de cacau e ter em sua composição a manteiga de cacau, açúcar e leite. Ou seja, não tem antioxidantes e é mais calórico.

“Nesta época do ano, o chocolate é uma forma de aproximação. Só o valor emocional da troca, já contribui para o bem-estar da pessoa. Aproveite com consciência. Opte pelo amargo, com a maior concentração de cacau possível e ingira com moderação, uma porção de chocolate (30g) a cada três dias (até 6.7g por dia) e 14 g para crianças de até três anos de idade. Acima dessa dose, os efeitos são mais discretos”, finaliza Barakat.

Fonte: Uol

quinta-feira, 26 de março de 2015

Terapia do riso


Como a terapia do riso estimula o processo de cura?

Ao gargalhar, o indivíduo trabalha quase todos os músculos do rosto e do abdome, promove maior oxigenação do cérebro, estimula a liberação da endorfina (substância que ameniza a dor e promove o prazer). A risada tem ainda efeito anestésico e aumenta a imunidade do organismo. Por isso, pesquisas realizadas nos EUA comprovaram que ela acelera o processo de cura e diminui o tempo de internações.

Passos para praticar a terapia do riso e incluí-la no seu dia a dia

 ● Durma com bons pensamentos e acorde de bom humor

● Dê bom dia para si mesmo e para tudo que está a sua volta

● Pense em todas as coisas boas que pretende fazer no dia

● Olhe-se no espelho pela manhã e sorria para você e tambémpara todas as pessoas que fazem parte do seu dia a dia

● Sinta que o otimismo e a alegria estão abrindo novos caminhos

Fonte: Revista Viva Saude

quarta-feira, 18 de março de 2015

É preciso buscar aprender com cada adversidade


Após um período de stress, sempre vem uma fase de bonança e ventura. A história da humanidade é cíclica, já reparou? Falo isso porque vivemos hoje tempos de crise, com violência, correria desenfreada, competitividade excessiva, preocupações mil, angústia, insegurança e medo permanentes. A instabilidade do mundo aqui fora pode nos fazer adoecer.

No entanto, a sabedoria milenar indiana nos ensina que as coisas são como devem ser. Não adianta espernear, elas jamais poderiam ser diferentes. Existe uma força maior que rege o Universo conduzindo os eventos de maneira harmônica, mesmo que, aos nossos olhos, isso não seja compreensível – pelo menos não naquele instante crucial e doloroso. Não quer dizer que devemos nos acomodar naquilo que não vai bem: podemos fazer nossa parte pela harmonia do todo. Um começo e tanto é mudar nosso padrão de pensamento e, consequentemente, de comportamento. É preciso buscar aprender com cada adversidade – com qualquer situação, na verdade, seja ela boa ou ruim. Nas horas de aflição, ajudará muito lembrar que as coisas começam no momento certo e terminam no instante certo, nem um minuto antes nem um minuto depois. Em resumo, vale confiar nas leis do Universo – sem, é claro, perder de vista as próprias ações.

É o que eu falo lá em cima: ok, passamos por uma época difícil nos dias de hoje, mas a melhor notícia é que a era de luz está chegando – eu diria que já desponta em um horizonte não muito distante. Esse é o ciclo da vida, afinal. O que precisamos é abrir nosso coração para aceitar que o momento atual é parte da evolução do planeta e da humanidade. Necessitamos de sabedoria para, quando os problemas parecerem grandes demais, não nos esquecermos de que somos parte inseparável e indestrutível de um todo e passamos por igual movimento. Confie que, durante cada momento de escuridão enfrentado, já estão plantadas as sementes de um período novo e esplendoroso.

Quando chegarmos ao ponto de acreditarmos nisso de fato, teremos encontrado a legítima paz interior, aquela que habita dentro de nós independentemente do mundo que nos rodeia. Daí a importância de mergulharmos em direção ao âmago do nosso ser, para enxergarmos o que se passa ali e sermos capazes de organizar nossos sentimentos. A realidade fora reflete o que temos dentro. Se estivermos em paz, o mundo à nossa volta espelhará as mesmas ótimas condições.

Um segredo é direcionar nossas energias muito mais para os sentimentos do que para a razão. Sentir é algo que vem do coração. O ato de racionalizar acontece na mente, que é controlada pelo ego – o vilão sobre o qual falei na coluna passada. Apenas deixe rolar, vivenciando o presente com atenção e intenção. Para tanto, dedique-se a uma coisa de cada vez. E encare os períodos mais complicados como momentos de transição, que devem ser aproveitados para crescer. Imagine o seguinte: você, naquele instante, está sendo preparada para a fase emocionante que ainda está por vir. Até lá, esteja presente, seja paciente e sempre consulte o que seu coração lhe revela. Inspire-se nesta comparação que adoro, feita pela escritora americana Marianne Williamson: “O crescimento espiritual é como o parto. Você dilata, então você contrai; você dilata, então você contrai novamente; e, por mais doloroso que possa parecer, esse é o ritmo necessário para alcançar o objetivo final da expansão total”. Entregue-se!

Fonte: M de Mulher

quinta-feira, 12 de março de 2015

A calma pode superar tudo!


Quem nunca enfrentou um momento difícil? Achar que a felicidade será plena é viver uma mentira. Por mais feliz que uma pessoa seja, alguma dificuldade sempre surgirá. O que muda é a forma de olhar para a situação. Enxergar os momentos ruins como algo passageiro, e não como um martírio, ajuda bastante. Afinal, encontrar uma solução para algo que se julgue intransponível (é assim que os alarmistas e descrentes pensam), certamente, é bem mais difícil. Portanto, nada de encarar os imprevistos como o fim da linha.

Nessas horas, o que funciona é se acalmar e agir com parcimônia. Em vez de jogar a toalha, procurar enxergar as possibilidades que a vida nos dá para ultrapassarmos os obstáculos é um bom começo. Não digo para fingir que nada está acontecendo, mas sim olhar para o problema com menos alarde. Calma e paciência unidas à coragem e confiança fazem com que tudo se resolva com mais clareza e facilidade.

Fonte: M de Mulher

quinta-feira, 5 de março de 2015

Seja feliz todos os dias


Ouvimos tanto através das muitas mensagens de autoajuda ao redor do mundo para pensarmos positivamente, mas colocar tudo isso em prática leva um tempo que, como mulheres, mães que trabalham, seja no lar ou fora dele, não temos. Se julgarmos nossa vida baseando-nos em filmes, em padrões de sucesso, em pessoas famosas, é capaz de concluírmos que nunca encontramos, ou pior, nunca fomos realmente felizes.

O psicólogo Shawn Achor, em um de seus TED Talks, falou sobre trabalharmos para sermos felizes e listou o que mulheres inteligentes que sabem como lidar com as emoções fazem para atingir o tão sonhado estado de felicidade. Resumindo:

1. Deixe o estresse de lado em prol da sua saúde

Estudos comprovam que ser ignorado envolve a mesma área do cérebro responsável pela dor física. Ou seja, se não somos bem-vindos à vida de alguém, melhor dar as costas e voltar para nosso local pessoal onde nos sentimos bem-quistos ao invés de ficar nos humilhando, insistindo e perdendo nosso tempo.

2. Procure por coisas que elevem seu humor

Sejam músicas alegres, comédias, pessoas positivas. Estudos mostram que ouvir música alegre e inspiradora traz felicidade instantânea.

3. Pense o melhor das pessoas

Ansiedade, preocupações demasiadas podem levar a ataques de pânico e criar um clima tenso desnecessariamente, seja no trabalho, no lar ou nas relações amorosas. Com certeza há pessoas que são egoístas e agir inocentemente é dar abertura para que elas usem sua boa vontade, mas esperar que todos ajam dessa maneira faz com que percamos grandes oportunidades de encontrar bons amigos e até mesmo um grande amor.

4. Você é fruto de seu passado, mas viva o presente para criar um futuro melhor

É impossível apagar, e muitas vezes esquecer completamente o passado. E não é necessário, uma vez que somos o fruto de nossas experiências. O que não funciona é ficar lamentando o que aconteceu, o que passou, o que alguém nos fez e nunca pediu perdão. Precisamos nos ocupar para não mergulharmos nas mágoas da memória. A vida é curta e única, então viva cada dia de uma vez, fazendo seu melhor, construindo memórias boas, e o futuro será bem melhor.

5. Seja proativa

Pare de aguardar que a vida bata na sua porta, tire-a do sofá e faça sua parte por você. Experimente convidar amigos para um encontro, visitar parentes, falar com pessoas coisas boas, tome a iniciativa. Você notará que o bem doado voltará a você no mínimo duplicado.

6. Decida definitivamente mudar hábitos ruins

Há tradições e crendices que não precisamos ficar repetindo a nós mesmas cada vez que olharmos no espelho. Tire o "Se" de seu vocabulário e substitua-o por "Quando" e faça as mudanças que precisa para dar uma nova direção à sua vida, a direção que você sempre quis.

7. Conte as bênçãos

Cada vez que você se pegar reclamando de algo ou lamentando que as coisas não são como você gostaria, pare e olhe ao seu redor. Tente contar pelo menos 5 coisas pelas quais você é grata. Quando você começar, notará que há muito mais que perderá a conta.

8. Seja realista

Os budistas acreditam que recusar-se a acreditar no que realmente está acontecendo no momento é a raiz da infelicidade. Seja a perda do trabalho, de um amor, ou até por morte, ficar lamentando não lhe ajudará em nada. Aceite onde você está, planeje os próximos passos, e aja. Se ganhar ou se perder, comemore ou decepcione-se por um tempo limitado, nada de se perder no tempo e deixar o estresse acabar com sua saúde.

9. Seja a mudança que você quer ver no mundo

É fácil querer se cercar de pessoas positivas, proativas e inspiradoras. Seja você também alguém que irradia luz e responsabilidade.

10. Faça melhores escolhas

Isso é mais que saber discernir o certo do errado. É parar de ser vítima da vida. Se não é sua culpa, por que a preocupação? Se for, peça perdão, corrija o erro e siga em frente. Você é a dona de sua vida, e ninguém tem autoridade para lhe colocar para baixo ou de desmerecer seus esforços e sua história de vida.

Fonte: Site família