quinta-feira, 17 de abril de 2014

Benefícios da dança


Uma ótima atividade para se exercitar e queimar calorias de um jeito diferente e divertido é dançar. A dança, além dos benefícios estéticos, proporciona doses de relaxamento e diversão, trazendo ao aluno uma diversidade de exercícios que ele não encontraria em mais nenhum esporte.  Além disso, por envolver música associada ao movimento e expressão corporal, traz ao praticante, a sensação de liberdade e vivências diferentes com o corpo.

Talvez por isso, o número de mulheres que procuram escolas de dança ou aulas dançantes nas academias com o intuito de perder peso, tem aumentado cada vez mais, como nos contou Rodrigo Nolasco, professor de Dança de Salão da Escola de Dança Celso Vieira. “Dançar é uma atividade física que leva ao aumento do gasto energético. Algumas modalidades podem gastar mais e outras menos. Uma pessoa com 70 kg, por exemplo, pode gastar durante 60 minutos dançando um ritmo moderado, cerca de 315 kcal. Esta demanda energética equivale ao gasto estimado de uma caminhada ou um passeio de bicicleta leve a moderado.  Dançando 4 vezes por semana, esta pessoa poderá gastar 1260 kcal e,  aliada a dieta equilibrada, este gasto calórico contribuirá para um emagrecimento mais rápido e saudável”, afirma o professor.

Modalidades
O segundo passo depois de se matricular numa aula de dança, é escolher qual modalidade praticar. Devido a grande variedade de ritmos, as pessoas costumam ficar confusas na hora de optar por um estilo e se perguntam qual as proporcionará mais benefícios e mais perda de calorias.

Nesses casos, o coreógrafo e diretor da ABR, Alan Brasil, aconselha que o mais importante é eleger a que lhe dá mais prazer, pois só assim a dedicação será completa e os benefícios maiores ainda. “Existem vários tipos de dança indicados para o emagrecimento, como a salsa, o dance, o hip hop, a dança de salão, entre outros. Todas essas modalidades auxiliam no processo de emagrecimento. Porém, o importante não é o estilo escolhido para dançar, e sim, uma dança que você realmente realize com muita intensidade por ter prazer em praticar, e isso só é possível se você dançar com amor. Quanto maior a intensidade maior os gastos calóricos!”, acredita Alan”.  

Com informações do site Corpo a Corpo

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Brigadeiro de colher crocante


Já estamos pertinho da Páscoa e que tal uma receita de brigadeiro de colher bem crocante para esta tarde? Confira o passo a passo. 

Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos)
Rendimento: 6 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Docinho
Calorias: 209 por porção

Ingredientes

. 1 lata de leite condensado
. 100 g de chocolate meio amargo picado
. 1 colher (sopa) de manteiga
. 1/2 xícara (chá) de leite
. 1 xícara (chá) de bolinhas de chocolate crocante

Modo de preparo

Em uma panela média, ponha o leite condensado, o chocolate, a manteiga e o leite. Cozinhe em fogo baixo, mexendo sem parar, até a mistura ficar homogênea e se desgrudar totalmente do fundo da panela. Deixe esfriar, misture 1/3 das bolinhas de chocolate, decore o creme com bolinhas restantes e sirva.


Com informações do site M de Mulher

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Feijão reduz colesterol


Estudo canadense e americano sugere que consumo diário de uma porção de leguminosas não oleaginosas diminui em 5% o nível de LDL

Conduzida por pesquisadores de vários centros, a pesquisa analisou 26 ensaios clínicos randomizados que incluíram 1.037 pessoas. Apesar das disparidades entre os estudos, os pesquisadores encontraram uma taxa de redução de 5% na lipoproteína de baixa densidade (LDL) com o consumo de 130 gramas ou 3/4 de xícara de leguminosas não oleaginosas por dia.
Homens têm maior benefício
Os homens tiveram mais redução dos níveis de LDL do que as mulheres. Os cientistas acreditam que o maior benefício se dê pelos altos índices de colesterol ruim encontrados neles.
“A redução de 5% (no colesterol LDL) em nossa meta-análise sugere uma redução do risco potencial de 5% a 6% em grandes eventos vasculares”, escreveu John Sievenpiper, do Centro Clínico de Nutrição e Fator de Risco do Hospital St. Michael, em Toronto, no Canadá.
As leguminosas como o feijão fazem bem ao organismo também por seu índice glicêmico baixo, o que significa que elas liberam açúcar lentamente e em menor quantidade no sangue. No entanto, alguns participantes do estudo relataram problemas de estômago como inchaço, flatulência, diarréia ou constipação.
Os autores acreditam que a ingestão das leguminosas também tenha impacto benéfico no peso corporal, na pressão arterial e no controle da glicose.


Com informações do site O Globo

Você consegue ter autocontrole?


Pessoas que possuem bom autocontrole costumam ser bem sucedidas em várias áreas da vida. Por outro lado, pessoas sem autocontrole não conseguem alcançar muitos objetivos, são explosivas e costumam ser marginalizadas por companheiros de trabalho e amigos. Desenvolver essa habilidade é como fazer musculação. Exige treino, disciplina e exercícios mentais que ajudem a fortalecer essa característica.

 Respeite o seu limite

Um dos maiores riscos para o autocontrole é não respeitar o seu limite. Nas áreas que mais nos controlamos é que temos maior dificuldade para suportar possíveis tentações. Reconheça quando seus níveis de autocontrole estiverem baixos e procure encontrar um caminho alternativo para evitar os impulsos e vontades que não devem ser correspondidos.

Faça um comprometimento antecipado

Se comprometa com sua decisão antes de se envolver na situação tentadora. Isso é difícil porque normalmente queremos deixar todas as opções em jogo, mas, na realidade, isso prejudica ainda mais o desempenho de quem quer controlar as próprias atitudes e emoções. Se seu problema é com dinheiro, por exemplo, faça um comprometimento antecipado de que não irá gastar mais do que seu limite seguro por mês.

 Use um sistema de recompensas

Recompensas podem funcionar muito bem para fortalecer o autocontrole. Todas as vezes que conseguir evitar determinado impulso e ser bem sucedido em uma situação tentadora, premie-se com algo que gostaria muito de fazer ou ter.

 Ou um sistema de penalidades

Da mesma forma que você usa recompensas, use penalidades para desenvolver seu autocontrole e percepção de riscos. Ao errar, tire de si mesmo privilégios que valoriza muito como, por exemplo, acesso a redes sociais, doces ou sair nos finais de semana.

 Combata o inconsciente

O inconsciente pode ser parcialmente culpado por muitas de nossos erros ao tentar resistir às tentações, já que ele entra em conflito constante com nossas decisões racionais. A dica é simples, mas difícil de por em prática, tente lutar contra as tentações em sua mente, para que elas não se desenvolvam em futuras ações.

 Controle suas expectativas

Para manter sua motivação mais alta do que seus impulsos, coloque suas expectativas a seu favor. Ao invés de pensar que nunca irá conseguir, tenha expectativas positivas de que servirão como motivação para continuar.

 Ajuste valores

Da mesma maneira como você pode pensar de maneira otimista, é bom que ajuste seus valores e princípios para que fortaleçam você em momentos mais difíceis. Quando valorizamos mais esses fatores do que o objeto da tentação, fica mais fácil de resistir a ela e considerar os fatores de risco e consequências.

 Emoções

Se você não tiver uma boa imagem de si mesmo, será ainda mais difícil de desenvolver ao autocontrole. Tenha opinião positiva e motivadora sobre si mesmo, sem deixar que as outras pessoas ou circunstâncias determinem a maneira como você deve se sentir.

 Faça afirmações

Muitas vezes ter autocontrole significa evitar maus hábitos. Uma maneira de fazer isso é usar auto-afirmações. Isso significa usar frases e palavras para reafirmar aquilo que você acredita, busca e quer manter equilibrado em sua vida.

 Pense de maneira abstrata

Pense em porque você está fazendo algo e não em como está fazendo para pensar de maneira abstrata. Esse tipo de mentalidade ajuda a elevar o autocontrole e a persistência em resistir.


 Com informações do site Universia

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Causas e sintomas da menopausa


O que é Menopausa?
Climatério é o período de transição em que a mulher passa da fase reprodutiva para a fase de pós-menopausa. Dessa forma, a menopausa (última menstruação) é um fato que ocorre durante o climatério.

No climatério há uma diminuição das funções ovarianas, fazendo com que os ciclos menstruais se tornem irregulares, até cessarem por completo. Estatisticamente, a menopausa ocorre, em média, aos 50 anos. O climatério tem início por volta dos 40 anos e se estende até os 65 anos.

Sintomas de Menopausa
Algumas mulheres nesta fase podem sentir ondas de calor, acompanhadas de transpiração, tonturas e palpitações; suores noturnos prejudicando o sono; depressão ou irritabilidade; alterações nos órgãos sexuais, como coceira, secura da mucosa vaginal; distúrbios menstruais; diminuição da libido; desconforto durante as relações sexuais; diminuição do tamanho das mamas e perda da firmeza; diminuição da elasticidade da pele, principalmente da face e pescoço; aumento da gordura circulante no sangue; aumento da porosidade dos ossos tornando-os mais frágeis.
Convivendo/ Prognóstico
Procure orientação no serviço de saúde mais próximo de sua casa. Converse com seu médico. Além disso:

Procure orientação no serviço de saúde mais próximo de sua casa. Converse com seu médico. Além disso:

  • beba bastante água
  •  principalmente após exercícios físicos
  • use roupas leves e procure ambiente fresco e ventilado
  • pratique exercícios leves regularmente. Caminhada, natação e dança ajudam a fortalecer os músculos
  • evite fumo, álcool ou outras drogas
  • faça refeições mais leves e mais frequentemente
  • tome sol.
  • Estas medidas vão contribuir para a melhoria da qualidade de vida e prevenção de doenças como câncer de mama, osteoporose, entre outras.O climatério e a menopausa não são doenças! São ocorrências naturais do ciclo de vida das mulheres e nem todas apresentarão sintomas no decorrer desse período.

Com informações do site Minha Vida

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Os benefícios do limão para a saúde


O limão é popularmente conhecido como sendo uma fruta rica em vitamina C mas este fruto também é rico em vitamina A, vitamina B (b1, b2 e b3),  vitamina I e vitamina P.
Além das vitaminas supracitadas o limão possui ainda outros nutrientes importantes para o nosso organismo como, cálcio, cobre, magnésio, iodo, ferro, fósforo, silício, ácido cítrico, ácido málico e pequenas quantidades de ácido fórmico e ácido acético.

O limão tráz inúmeros benefícios para a saúde do ser humano.
Você deve incluir o limão na sua dieta alimentar seja ela de emagrecimento ou não. Se você faz dieta para emagrecer, saiba que o limão é um bom aliado no combate aos quilos a mais e que é um alimento hipocalórico (com poucas calorias). Veja aqui as calorias do limão:
- Calorias dos frutos (limão).

Vamos então conhecer os 12 benefícios do limão para a saúde do ser humano:
1- Faz bem ao estômago.
2- Excelente para a pele.
3- Auxilia na digestão.
4- Bom para os dentes.
5- Cura inflamações da garganta.
6- Ajuda a emagrecer (perder peso).
7- Ajuda a controlar a pressão sanguínea.
8- Ajuda no tratamento contra o reumatismo.
9- Ajuda na cura de distúrbios respiratórios.
10- Ajuda a diminuir a febre.
11- Purifica o sangue.
12- Excelente para tratamento capilar.

Com informações do Blog Dieta Alimentar

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Receita de Rocambole de Doce de Leite


Para esta tarde, que tal uma receita de Rocambole? Super Gostoso e fácil de preparar, confira o passo a passo:

Ingredientes
Massa:
6 ovos
1 colher (sopa) de fermento em pó
12 colheres (sopa) de farinha de trigo
6 colheres (sopa) de açúcar

Recheio:
açúcar para polvilhar
1 lata de doce de leite moça cremoso
modo de preparo

Modo de preparo:
Bata os ovos com cinco colheres (sopa) de água até formar uma espuma fofa e clara.
Acrescente o açúcar aos poucos e continue batendo.
Quando a massa estiver bem fofa, peneire por cima a farinha e o fermento, misturando levemente sem bater.
Coloque para assar em assadeira retangular (31 x 42cm) forrada com papel-manteiga untado, em forno médio (180°C) por aproximadamente 20 minutos.
Retire do forno e desenforme ainda quente sobre papel-manteiga polvilhado com açúcar.
Espalhe o Doce de Leite, enrole e polvilhe o açúcar.

Com informações do site Receitas de Comida