sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Saiba como usar corretamente o protetor solar


Moramos num país tropical, e como bons brasileiros, adoramos uma praia em qualquer época do ano – em especial durante o verão.

Além disso, o fato de que a maior parte do território nacional fica entre o Trópico de Capricórnio e a Linha do Equador, faz com que recebamos raios solares com maior intensidade – já que somos a região mais próxima do sol.

Isso significa que precisamos sempre proteger a pele com o bom e velho filtro solar.

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Dermatologia revelou que 62% dos brasileiros não cuidam da pele e não usam nenhum tipo de protetor.

O Universo Jatobá se preocupa com você e quer conscientizar os leitores de que é preciso se cuidar para não pegar um câncer de pele. Confira como utilizar corretamente o protetor solar.

1 – SÃO DIVERSAS AS OPÇÕES DE FILTRO SOLAR

Para escolher se o melhor para você é o gel, creme, spray, maquiagem ou mousse, é preciso fazer algumas considerações. Quem tem a pele muito oleosa deve fugir das fórmulas gordurosas e optar pelo gel, por exemplo. Já quem tem a pele seca, é melhor procurar um creme mais encorpado. Vale lembrar que, quanto mais grossa a textura, maior a proteção.


2 – FILTRO QUÍMICO OU FÍSICO?

O mais popular deles é o filtro químico, que é muito mais fácil de espalhar e fica invisível, porém ele não é a única opção. O filtro físico é feito a base de dióxido de titânio ou óxido de zinco e cria uma barreira sobre a pele. Seu maior problema é que ele tende a deixar a pele mais branca, o que não agrada muitas pessoas. Porém, ambos são ótimos para a pele.

3 – ESCOLHA O FPS CORRETO

O FPS está diretamente relacionado a quantas vezes sua pele está protegida contra os efeitos dos raios solares. Aqui no Brasil, o recomendado para o dia-a-dia é o fator 30, mas mesmo assim é bom levar em conta o tom da sua pele. Pessoas com a pele muito clara devem recorrer ao FPS 60, já quem tem a pele mais morena pode, inclusive, usar o FPS 15.

4 – USE SEMPRE A QUANTIDADE CORRETA

Não é preciso exagerar na quantidade de protetor solar para ficar protegido. O ideal é cerca de uma colher de chá para o rosto e pescoço. Para as outras partes do corpo, uma colher de sopa para cada uma delas.

5 – ESPALHE O PRODUTO

Lembre-se de espalhar bem e uniformemente o produto. No caso do spray, o ideal é não espalhar o protetor.


Fonte: Cemara

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Alimentação com saúde: Sanduíches Light


Durante o dia-a-dia, muitas vezes, nos momentos de correria não há como parar para se alimentar de forma adequada, com isso muitas pessoas acabam deixando de lado hábitos de alimentação saudável.

Neste texto você verá que é possível ter uma alimentação saudável, mesmo com a correria. De acordo com o nutricionista Daniel Pereira, uma alimentação saudável não é feita apenas de saladas. “Comer nas horas certas, ingerir a quantidade ideal de nutrientes, evitar gorduras e doces, são ações que fazem parte de uma vida saudável. Comer sanduíches é algo que todos gostam, basta optar por ingredientes saudáveis na composição”, acrescenta Daniel.

O chef Fábio Almeida, do A Proprósito Food Service, é a favor de oferecer opções variadas em seu cardápio. Para ele, a alimentação deve contribuir para a qualidade de vida das pessoas, por isso tem no seu restaurante opções para quem não pode ingerir quaisquer ingredientes. “Deixamos que os clientes montem os próprios sanduíches, então eles podem comer algo totalmente light e saudável”, enfatiza Fábio.

Ficou com vontade de comer um sanduíche light? Confira as receitas que separamos, que além de pouco calóricas, são deliciosas.

Ricota com Peito de Peru
Ingredientes

2 colheres de sopa de ervas frescas picadas
1 xícara de ricota amassada
6 colheres de sopa de iogurte desnatado
10 fatias de peito de peru
2 xícaras de agrião limpo (apenas folhas)
2 pães sírios médios
Sal a gosto

Modo de Preparo

Misture em uma tigela: as ervas, a ricota, o iogurte e o sal, e reserve.
Separe as partes dos pães, na parte inferior do pão arrume o creme de ricota, as fatias de peito de peru e por cima as folhas de agrião.
Cubra com a outra parte do pão e sirva.

Rende 4 porções.

Frango Agridoce com cream cheese
Ingredientes

160g de pão de sanduiche branco e diet
100g de cenoura ralada
150g de tomates laminados em rodelas
100g de abacaxi picado
100g de peito de frango defumado em cubos
50g de cream cheese light
2 folhas de alface
50g de maionese light
5ml de suco de limão
Sal, pimenta do reino branca, manjerona e orégano a gosto.

Modo de Preparo

Misture o cream cheese com a maionese, depois acrescente o limão e misture bem.
Adicione a cenoura, o abacaxi e os cubos de frango defumando. Tempere-os com o sal, a pimenta, manjerona e orégano.
Misture o frango temperado com o cream cheese.
Retire a casca do pão, e coloque as rodelas de tomate e o alface, acrescente a pasta de frango e sirva.

Rende 5 porções

Gostou das receitas? A nossa dica é preparar também sucos saudáveis ou uma receita de smoothie bem saborosa. Se alimente melhor e viva com mais saúde!



Fonte: Vida Plena

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Adote algumas medidas antes de usar a bicicleta para ir trabalhar


As horas perdidas no trânsito e a preocupação em preservar o meio ambiente são apenas dois bons motivos para quem quer largar o carro e adotar a bicicleta como novo meio de transporte. Mas, quem quer ir pedalando para o trabalho ou para qualquer compromisso deve seguir a cartilha dos adeptos da magrela para evitar surpresas desagradáveis durante o trajeto.

"Quando comecei a usar a bicicleta para trabalhar, levei algum tempo para aprender alguns cuidados que me livrariam de problemas", diz Ian Thomas, produtor de vídeos que usa a bicicleta como meio de transporte há cinco anos, depois de perceber que demorava muito para chegar aos lugares de carro.

Acostume-se com a ideia
A substituição definitiva do carro pela bicicleta não precisa ser feita sem aviso prévio. Comece aos poucos. É preciso que antes de usá-la para ir ao trabalho, você se acostume com o esforço e ao percurso que fará. "Se não houver preparação, você vai chegar suado, cansado e estressado no seu ambiente profissional. Isso só provocaria desânimo e vontade de voltar a andar de carro. O ideal é que você se acostume a pedalar no dia a dia antes de adotar a bicicleta como um meio de locomoção", explica Ana Paula Cross Neuman, farmacêutica que tirou o carro da rotina há dois anos para ter uma vida mais saudável.

Use o tempo ao seu favor
Mesmo que o trajeto de casa para o trabalho feito de bicicleta seja muitas vezes mais rápido do que de carro, principalmente por causa do trânsito, é aconselhável sair do seu local de origem com pelo menos 15 minutos de folga. Assim, você ganha tempo para se recompor quando chegar ao destino final. Além disso, usar a bicicleta como meio de transporte é diferente de usá-la para fazer exercício. O ritmo deve ser mais lento, já que pedalar muito rápido faz com que o corpo transpire mais.

Fique atento ao clima
Para fugir da chuva, crie o costume de seguir a previsão do tempo. E tenha sempre à mão um plano B. "Na minha mochila, sempre levo uma capa de chuva e uma roupa reserva quando o clima está nublado. Não é legal chegar ao trabalho ou a um compromisso todo molhado", diz João Evangelista, serralheiro que há 20 anos usa a bicicleta- que ele mesmo fez- como meio de transporte.

Saiba usar acessórios
Capacete e luva são acessórios indispensáveis para quem quer começar a andar de bicicleta. Proteger a cabeça de um impacto e manter as mãos secas e firmes são dicas de segurança apontadas por todos os ciclistas. No entanto, é preciso escolher os equipamentos certos, principalmente no caso das mulheres. "Eu vou maquiada e com o cabelo já arrumado para as reuniões do meu trabalho. Um capacete que ficasse totalmente fechado iria desarrumar meu cabelo. Por isso, optei por um capacete que, além de seguro, é aberto, ventilando meu rosto e meu cabelo", diz Ana Paula.

Tenha sempre um plano B
A bicicleta é um ótimo meio de transporte, mas nem sempre dá conta do recado. Em algumas ocasiões é preciso saber aliar a magrela como o transporte público. "Quando a chuva é forte, está muito calor ou vou para um lugar que é muito longe de minha casa, procuro estações de metrô que tenham estacionamento especial para bicicleta", conta Ana Paula.

Incentive mais pessoas
Fica mais fácil usar a bicicleta quando mais pessoas do seu convívio têm o mesmo hábito. "Demorei muito para conseguir convencer meus chefes que era melhor ir de bicicleta para o trabalho, já que era a empresa que pagava o combustível do meu carro. Mas eles pararam de implicar com isso depois de verem que eu não chegava atrasada, ficava mais bem disposta e quando outras três pessoas do escritório começaram a fazer o mesmo", lembra Ana Paula.

Fonte: Minha Vida

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Dicas para as crianças praticarem esportes seguros


Antes de submeter os pequenos à prática de esportes coletivos, procure um médico. Ele avaliará se elas estão aptas para tanto.

Compartilhe com o treinador as informações médicas e eventuais alergias que as crianças tenham se for o caso. Nos casos de asma ou quaisquer outras condições médicas, deixe claro para o treinador sobre elas antes da primeira prática.

Aquecer e alongar podem aliviar a tensão muscular e prevenir acidentes relacionados ao esporte, como estiramentos ou torções. As crianças devem ter garrafas com água para ingeri-la antes, durante e após as atividades. Identifique sinais de desidratação.

Vestes apropriadas ao esporte praticado evita lesões. Capacetes, joelheiras, tênis etc. são acessórios de segurança. Um atleta que machuca a cabeça deve ficar sob supervisão até ser avaliado por um médico. Na dúvida, ele deve sair do jogo.

Descansar é prioridade. As crianças devem ter, ao menos, dois ou três dias de repouso a cada semana. Encorajá-las a comunicar dores, lesões ou desconfortos é papel dos pais. Atleta esperto não esconde esses problemas.

Pesquise e aprenda os jeitos de auxiliá-las a se manter longe dos problemas ocasionados pelos esportes. Procure a orientação de um especialista (em educação física, fisioterapia etc.).


Fonte: Revista Saude

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Dicas para ter animais de estimação no apartamento


Escolher o animalzinho certo para conseguir manter a boa convivência em seu prédio é um desafio e tanto. Conheça algumas dicas:

Animais de estimação trazem muita felicidade, mas a preocupação com a boa vizinhança precisa ser levada em conta na hora de escolher o pet. A raça, o porte, o latido ou miado são alguns pontos que devem ser avaliados para que não haja problemas no futuro.

Antes de levar o animal para o apartamento, fique atento ao documento de convenção do condomínio: alguns lugares aceitam somente animais de pequeno porte.

Se tiver que levá-lo para passear, siga as orientações, como descer somente pelo elevador de serviço, carregando-o no colo. Respeite os horários de silêncio e ensine o filhote a não perturbar o vizinho.

São cuidados simples que podem trazer muitos benefícios para você e seu animal.

Fonte: Revista Saúde

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Alongamento para relaxar!



Depois de passar por um dia “daqueles”, você quer ir para casa e relaxar. Experimente, então, fazer um alongamento e uma massagem que deixam todo o corpo descansado. Divya Jivan, instrutora de pilates e massagista ayurvédica do espaço self – Crescimento integrado, em são Paulo, ensina duas técnicas infalíveis:

Alongamento

Passo 1: sente-se em um cadeira, com a coluna ereta.
Passo 2: Eleve os ombros até chegar nas orelhas e mantenha essa posição por 5 segundos, em seguida abaixe-os o máximo que puder, mantendo a posição pelo mesmo tempo. Repita três vezes.
Passo 3: Cruze a perna esquerda sobre a direita. Em seguida, debruce o corpo em cima da canela e mantenha a posição por 30 segundos em cada perna. Essa manobra irá alongar coxa, glúteos e coluna lombar, aliviando as tensões em quem fica sentado por muito tempo.
Passo 4: Entrelace as mãos (com a palma virada para cima) nas costas e estique os braços para trás alongando-os e projete o peito para a frente. Mantenha-se assim por 30 segundos.

Massagem nos pés

Passo 1: Faça um escalda-pés com água bem quente, repousando os pés por 5 minutos. Em seguida massageie o pé inteiro, utilizando o polegar para aumentar a pressão.
Passo 2: Comece a massagem pelo calcanhar pressionando e soltando em seguida, ponto a ponto, com as duas mãos. Prossiga até chegar aos dedos. Faça torções nas articulações de todos os dedos para ambos os lados.
Passo 3: Gire completamente o pé para os dois lados. Repita no outro pé.


Fonte: Revista Saude

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

5 motivos para comer iogurte


O iogurte facilita a perda de peso, vai bem em diversas receitas e de quebra cuida da pele. Saiba quais são os motivos saudáveis para acrescentar o laticínio à sua dieta.

O iogurte era apenas conhecido por ter efeito poderosíssimo na regulação da flora intestinal, porém o que as pesquisas mais recentes nos mostram é que há muitas outras vantagens em se consumir todos os dias o alimento. Ele é ótima fonte de proteínas, minerais e vitaminas, têm baixo teor calórico, menos lactose que o leite comum e o melhor: é saboroso! Combina com diversas preparações, é prático e fácil de ser incluído na alimentação diária. Conheça as outras vantagens e acrescente o laticínio na sua dieta.
Iogurte emagrece

Como é pobre em calorias (69 kcal em 100 g, na versão natural e integral), ele funciona muito bem para tapear a fome entre as refeições, substituindo bolachas e pães. Há diversos estudos relacionando o consumo de cálcio, nutriente do qual o iogurte é uma das mais importantes fontes, à perda de peso. É bom porque... pesquisas atestam que altos valores de índice de massa corporal (IMC), que classifica o peso corporal, são cada vez menos frequentes à medida que a ingestão de cálcio está mais próxima dos patamares recomendados. O que acontece é que seu consumo adequado ajuda no controle de peso em adultos quanto em crianças.


Reúne diversas vitaminas e minerais

O iogurte é uma excelente fonte de nutrientes importantes para a saúde, como potássio, fósforo, vitaminas A, B6 e B12, riboflavina, ácido fólico e niacina. Ele possui 10 vezes mais ácido fólico do que o leite utilizado em sua elaboração, por conta da atividade das bactérias envolvidas na fermentação. É bom porque... em 100 g de iogurte integral temos 99 UI de vitamina A, a mesma quantidade que pode ser encontrada em três unidades de banana. Em 100 g do iogurte integral há 95 mg de fósforo. Para ter a mesma quantidade desse mineral, vamos precisar de duas unidades grandes de tomate.


Oferece mais cálcio que o próprio leite

Você já sabe que o mineral ajuda a fortalecer ossos e dentes. Mas essa não é a única função do cálcio. Ele é responsável pela comunicação entre as células nervosas, participa
do processo de coagulação sanguínea, ajuda na cicatrização de feridas e é essencial à contração muscular. Equilibra a pressão arterial e contribui para a dilatação dos vasos: o coração fica protegido.  É bom porque... o cálcio é mais abundante do que em muitos outros laticínios. Em 200 g de iogurte natural há 345 mg de cálcio; um copo de leite (250 ml) contém cerca de 307,5 mg do mineral. Uma fatia de 30 g de queijo branco tem 205,5 mg de cálcio.

Reforça o sistema imunológico

Todo iogurte é produzido a partir de pelo menos dois tipos específicos de cepas bacterianas, que atendem por nomes complicadíssimos: Streptococcus thermophilus e Lactobacillus bulgaricus. Ambos reforçam o exército de bactérias benfeitoras que o intestino alberga, chamado de flora ou microbiota intestinal. É bom porque... além de aumentar a resistência do organismo, exterminando micro-organismos causadores de diversos tipos de doenças, essas bactérias melhoram a integridade da mucosa intestinal e, consequentemente, a absorção de nutrientes importantes para a manutenção da boa saúde.

Deixa a pele mais bonita

Um potinho de iogurte vale por um tratamento de beleza, sabia? Em primeiro lugar, porque as proteínas do alimento são fundamentais para a construção, reparação e renovação de todos os tecidos do corpo. A vitamina A, presente no iogurte, também é fundamental para a saúde da pele. Por outro lado, quem vai mais vezes ao banheiro elimina mais rapidamente todas as toxinas, o que também colabora para a melhora da aparência geral da pele que fica lisinha, lisinha. É bom porque... durante a fermentação, a lactose do leite se transforma em ácido lático, que é conhecido como hidratante, esfoliante e antimicrobiano. Ele suaviza rugas e ajuda a manter a firmeza. Por isso mesmo, além de comer o seu iogurte, você também pode usá-lo em máscaras. Se quiser, pode também comprar cosméticos que tenham esse ingrediente em sua formulação cosmética.


Fonte: Revista Viva Saude